Tendência de Comportamento do Consumidor x Live Marketing

Estratégias para 2015

No momento em que estamos debruçados no Planejamento do próximo ano, algumas perguntas precisam ser respondidas para que possamos ser mais assertivos e para que possamos cumprir tanto os objetivos comerciais como os institucionais da empresa.

Para isso, é preciso observar qual o comportamento do consumidor e como podemos nos apropriar desse comportamento para oferecer nossos produtos/serviços e ‘resolver um problema’ daquele consumidor.

O Live Marketing, termo criado pela AMPRO (Associação do Marketing Promocional) pode e deve cumprir um importante papel para suprir a necessidade dos novos consumidores.

Pensando nisso, listamos 8 tendências de comportamento de consumo para que empresas possam montar suas estratégias de Live Marketing para 2015, diminuindo assim riscos e aumentando lucro

Trend 1: Sincronicidade

Carlos Jung define Sincronicidade como “Um conteúdo inesperado, que está ligado direta ou indiretamente a um acontecimento objetivo exterior, coincide com um estado psíquico ordinário.” (CW VIII, par. 855)

Comportamento: As marcas precisam se basear em fatos e não em dados para suas estratégias de Live Marketing. Pessoas “estão”, pessoas não “são”. Exemplo disso é que ora o consumidor procura por tênis, ora por carro, ora por convênio médico e assim por diante. Ele é o mesmo, porém está em momentos diferentes de consumo.

Estratégia: Crie estratégias de Live Marketing baseada em Experiência da Marca no momento mais propício para o consumidor – quando ele está ‘aberto’ a receber a sua mensagem.

Evidências:

Trend 2: Novas Formas de Capitalismo

Comportamento: Diversos novos modelos de negócios estão surgindo como Crowdsourcing, Crownfunding, Star-ups, etc.

Perceba que há um grande movimento da sociedade em criar, co-criar, compartilhar e colaborar uns com os outros sem intervenção e ajuda de Governo e Empresas Privadas.

Estratégia: A estratégia de Live Marketing das empresas precisa permear essa nova forma de construção e transformação coletiva. Monte ações que vão de encontro a essa nova forma de capitalismo. Consulte sites como www.catarse.me.com.br e avalie um projeto que sua empresa pode colaborar.

Seja colaborativo!

Trend 3: Vida Saudável

Comportamento: Essa tendência tem feito com que grandes empresas se reinventem profundamente para não perecerem no mercado. Exemplo disso é Mc Donalds que possui uma rede de Fast Food saudável – Pret a Manger, espalhada pela Europa. Já no Brasil, a rede sofre os efeitos desse novo comportamento do consumidor, uma vez que há rejeição das pessoas em consumir seus produtos.

Para se apropriar dessa tendência, ainda que a marca das empresas não estejam ligadas diretamente a esse estilo de vida, é possível criar ações de Live Marketing onde o objetivo é sim propagar um estilo de vida mais saudável. Pense em Eventos, Ações de incentivo e de Experiências que de fato demonstre a preocupação da marca com a saúde de seus consumidores.

Trend 4: Tensionalidade da Marca

Não quero me aprofundar no assunto sobre a quantidade de marcas existentes, o volume de informação que recebemos a cada minuto, a disputa pela atenção do consumidor, entre tantas outras verdades que já conhecemos.

Meu objetivo aqui é despertar a atenção para o fato de que a marca precisa criar ‘Tensão’. Precisa causar uma revolução nos sentidos do consumidor.

Walter Longo, afirma que ‘ou sua marca cria tensão, ou ela não resistirá”.

Comportamento: Com tudo isso, penso que para criarmos Tensão para nossas marcas, precisamos, mais que sair do comum, precisamos criar ações de Live Marketing que altere a percepção das pessoas a ponto delas sentirem necessidade de parar para olhar o que está acontecendo naquele momento. Comportamento, sem poder resistir àquilo que a marca promove no momento.

Evidência: Campanha Hug Me Machine – Coca Cola

Trend 5: Mudança dos Espaços da Loja

Comportamento: Cada vez mais, as pessoas procuram por momentos de relaxamento, prazer e segurança em qualquer lugar que elas estejam.

As lojas precisam pensar isso como uma forma de atender à essa necessidade, sem perder de vista seu objetivo que é vender. Mas vender, não significa mais entregar produto em troca de dinheiro. Vender agora significa ser relevante e marcante na mente do consumidor.

Estratégia: As ações de Live Marketing dentro da loja precisam ser diferentes. Entregar brinde, servir champagne, degustação de produtos no PDV são coisas que funcionam, mas que tal pensar num espaço dentro da loja onde o cliente simplesmente possa sentar e ‘se sentir em casa’ com acesso a wi-fi, um café e uma boa conversa entre amigos? E se um desses amigos for a vendedora da loja onde entre uma conversa e outra ela fala sobre a nova coleção?

Transforme um espaço da loja em um local agradável e com ambientação mais intimista.

Trend 6: Preocupação cada vez maior com Meio Ambiente

Comportamento: As novas gerações têm uma preocupação cada vez maior com o meio ambiente. Ações efetivas são protagonizadas por eles em todos os lugares do mundo. Cada vez mais, os problemas relacionados ao meio ambiente serão pauta para as escolas, governos e instituições não governamentais.

Nas empresas, existem muitas ações internas de combate ao desperdício. Mas e para o consumidor, como as empresas podem ajudar na conscientização do uso racional dos recursos naturais?

Estratégia: Nas estratégias de Live Marketing é de extremamente importante que além de conceitual, a preservação do meio ambiente seja efetiva e envolver o consumidor

Usar materiais reciclados, reaproveitamento de materiais, utilização de matérial-prima natural, menos lonas, menos brindes, mais ações on line, menos desperdício e maior conscientização ambiental na escolha das dinâmicas promocionais, envolvimento do consumidor para uma postura sustentável e continua. Esses são alguns exemplos de como o Live Marketing pode apresentar soluções sustentáveis e preocupadas com o meio ambiente.

Trend 7: Pessoas em Movimento

Comportamento: As pessoas de todas as classes sociais viajarão mais, a ascensão das classes C e D, permitirá que mais pessoas terão acessos aos bens de consumo adquiridos em outros países. Conhecer o mundo, passa a ser mais fácil e constante.

Dentro dessa perspectiva de comportamento, as empresas precisam acompanhar as pessoas em movimento. Atrair a atenção delas durante os deslocamentos, podem gerar proximidade.

Estratégia: Ações de Live Marketing como hospitality, ajudar na escolha de restaurantes, hotéis e atrações em países “off tupiniquim” são bastante efetivas, quando despretensiosas.

Trend 8: Novas Famílias

Comportamento: As famílias passam a ser menores, a sexualidade transcende o que até então era considerado “normal”. As pessoas estão mais abertas e receptivas à conhecerem novas formas de família e aceita-las como são.

As ações de Live Marketing devem considerar esse novo formado de família. Criar ações que focam o bem estar e percepção de aceitação, atrai novos consumidores, além de facilitar na fidelização. Sem rotular nenhuma marca ou demonstrar segmentação escalonada. Crie ações de Live Markeing inclusivas, considerando sim as novas famílias dentro de um plano maior, onde todos se vêem pertencentes ao que a marca oferece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>